UFC sobe de terceiro para segundo lugar em ranking da transparência nacional

13 de julho de 2018

A Universidade Federal do Ceará (UFC) subiu de terceiro para segundo lugar no ranking anual da transparência das universidades federais, que engloba 63 instituições em todo o País. O levantamento, elaborado pelo jornalista e pesquisador Cristiano Alvarenga, avalia o desempenho das universidades no cumprimento à Lei de Acesso à Informação (12.527/2011).

Na pesquisa revelada este ano foram considerados os pedidos de acesso à informação respondidos, o tempo médio de resposta desses pedidos e as prorrogações de prazo realizadas para atender às questões, tudo isso relativo ao ano de 2017.

A UFC, que ficou atrás apenas da Universidade Federal do Cariri (UFCA) no ranking, respondeu a 100% dos pedidos no ano passado. O tempo médio de resposta foi de 7,44 dias, e apenas 7,77% dos pedidos de acesso à informação tiveram prazos prorrogados na UFC.

De acordo com a Lei 12.527/2011, o prazo de resposta para as solicitações é de 20 dias, prorrogáveis por mais 10 dias. Vale ressaltar que em 2017 a UFC recebeu mais que o dobro de solicitações (412 pedidos) em comparação à UFCA (163).

A Universidade Federal do Ceará se sobressaiu em relação a outras instituições que receberam mais de 400 pedidos de informação, como Universidade de Brasília (36º lugar), Universidade Federal da Paraíba (46º) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (47º).

Os pedidos de acesos à informação destinados à UFC são gerenciados e operacionalizados pela equipe responsável pelo Serviço de Acesso à Informação (SIC) e pela Ouvidoria Geral na Universidade. O cidadão pode acessar informações públicas da Universidade no site www.acessoainformacao.ufc.br ou realizar solicitações de informação por meio do sistema e-SIC.